Foco no trabalho e mais tempo para a sua vida

Para todos os lados que olhamos, vemos pessoas apressadas, em estado de constante apreensão. Quando pensávamos que a tecnologia viria para tornar nossas vidas mais fácil, ela só está piorando e tornando o ser humano ainda mais angustiado. Afinal, com o advento da comunicação instantânea, estamos não só 24h expostos às mensagens como também nos forçamos a respondê-las. E quando fazemos tudo de uma vez, não fazemos nada direito.

Precisamos encontrar uma forma de economizar nosso precioso tempo, focando nas coisas importantes colocando qualidade no tempo que investimos. Afinal, nosso tempo é finito. Quantas vezes não estamos na companhia de amigos e familiares, mas de olho no celular antecipando uma interrupção que nem aconteceu ainda, por hábito? Quantas vezes estamos fazendo algo “no automático” com a cabeça em problemas vagamente definidos?

Estamos nos esquecendo de aproveitar as companhias mais caras que temos – daquelas que sentiremos falta uma vez ausentes, daquelas que sentiremos culpa por não termos aproveitado tanto. Estamos nos esquecendo de olhar para cima para ver o topo das árvores, de olhar para o outro como uma pessoa tão cheia de sentimentos quanto nós. A tecnologia não nos tornou apenas mais ansiosos como também está nos deixando mais cansados.

Precisamos conquistar o direito de relaxar! E isso só vai acontecer se estivermos 100% presentes no que estivermos fazendo. No trabalho, na reunião, na academia, namorando, com os filhos… E sem misturar todos esses lugares ao mesmo tempo. Vale dizer que a atenção plena é um tema caro a muitas religiões e filosofias orientais.

É melhor caminhar um metro em apenas uma direção do que um centímetro em todas as direções. Ou seja, fazer pequenas coisas sem definir um propósito é o mesmo que andar um centímetro em todas as direções. Neste mesmo período, você já poderia ter andado um metro na direção correta – e estaria mais próximo de encontrar o que busca.

– Este trecho foi extraído do Blog Runrun.it e você pode lê-lo na íntegra aqui.